Quando você ajuda alguém por causa de um sentimento de obrigação ou de dever, e não por um livre fluxo de amor, você pode ficar ressentido com essa pessoa por ela precisar da sua ajuda. Esses sentimentos negativos podem obstruir sua sensibilidade em relação às necessidades reais que ela tem aqui e agora, bem como impedi-lo de fazer ou dizer coisas que certamente seriam proveitosas.