Se quiser ser uma colaboradora útil no plano da salvação, precisará aprender a ter cautela, e, ao ,mesmo tempo, saber distinguir em que momento e lugar usar essa virtude divina. Por meio da cautela poderá salvar-se e a muitos outros de perigos e danos, evitando sacrifícios inúteis. Porém não ter coragem de fazer alguma coisa, por medo e falta de confiança, torna a virtude divina da cautela em covardia satânica.